Dicas para uma Viagem Segura

Durante o final do ano e as férias escolares, e como resultado, milhares de veículos deverão transitar pelas estradas brasileiras. Portanto, garantir uma viagem tranquila e segura é essencial, e por isso, Sérgio Oliveira de Jesus, instrutor do SEST SENAT de São Vicente traz algumas dicas para os motoristas. Elas orientam para situações que podem ocorrer com as ultrapassagens, direção em caso de chuvas e neblinas, de tal forma que você possa viajar com mais segurança.

Confira as dicas de ultrapassagem:

Uma das primeiras orientações é ultrapassar outro veículo em movimento sempre pela esquerda, obedecida a sinalização regulamentar e as demais normas do Código Nacional de Trânsito. “Exceto quando o veículo a ser ultrapassado estiver sinalizando o propósito de entrar à esquerda”, explica.

Antes da ultrapassagem, o condutor deve certificar-se de que nenhum motorista que venha atrás está começando uma manobra para ultrapassá-lo e quem o precede na mesma faixa de trânsito não estiver indicado o propósito de ultrapassar um terceiro. Além disso, a faixa de trânsito que vai tomar precisa estar livre numa extensão suficiente para que sua manobra não ponha em perigo ou obstrua o trânsito que venha em sentido contrário.

Além disso, sempre se deve indicar com antecedência a manobra pretendida. Faça isso acionando a luz indicadora de direção do veículo ou por meio de gesto convencional de braço. “Pode até parecer muito simples, mas uma boa parte dos motoristas esquece de acionar o sinal de seta antes das manobras. Isso pode provocar graves acidentes”, reforça Oliveira.

Ainda durante a ultrapassagem, o condutor deve afastar-se do usuário ou usuários aos quais ultrapassa, de tal forma que deixe livre uma distância lateral de segurança. Além disso, deve retomar, após a efetivação da manobra, à faixa de trânsito de origem, acionando a luz indicadora de direção do veículo ou fazendo gesto convencional de braço, adotando os cuidados necessários para não pôr em perigo ou obstruir o trânsito dos veículos que ultrapassou.

O instrutor traz outras orientações para quem for pegar a estrada nos próximos meses. Abaixo, seguem mais informações para os motoristas, portanto, continuem atentos.

Confira as dicas gerais para uma viagem mais segura:

– Em vias com pista simples, conduza o veículo o mais próximo do bordo da pista, consequentemente isso auxiliará os veículos que o seguem a ter uma melhor visão para efetuar uma ultrapassagem mais segura;

– Em vias com pista dupla, mantenha seu veículo sempre na faixa da direita, pois essa atitude auxilia na ultrapassagem de outros veículos e lhe dará uma opção a mais de evitar um acidente em caso de alguma emergência a sua frente;

– Não utilize o telefone celular. Nem mesmo parar o veículo para digitar uma mensagem. Na rodovia o mais seguro é transitar de forma ininterrupta;

– Toda viagem deve ser planejada com origem e destino, e quando for muito extensa, deve compreender pontos de parada, sendo assim, evitará acidentes causados pelo sono e cansaço.

– Em caso de colisão, busque um local seguro para parar o veículo, sinalize o local de forma a alertar os demais condutores e acione a polícia para informar o ocorrido;

– Paradas no acostamento, somente em casos de emergência. Os postos do policiamento Rodoviário são dotados de sanitários para auxiliar o usuário.

Confira as dicas para uma direção mais segura durante períodos de chuva:

– Reduza a velocidade de forma compatível com as condições climáticas;

– Mantenha distância segura do veículo que segue a sua frente;

– Não esqueça de deixar em dia as condições dos pneus e da suspensão.Portanto, sempre faça uma checagem antes de pegar estrada.

Confira as dicas para a direção durante períodos de neblina:

– Reduza a velocidade, mas não freie bruscamente. Com a visibilidade reduzida, outros motoristas podem não enxergá-lo e acabar colidindo;

– Fique a uma distância segura do veículo que segue à sua frente. Isso garante um tempo de reação maior quando necessário;

– Evite mudar de faixa. Se houver realmente a necessidade de mudança, faça com muita atenção ao retrovisor e use a seta sempre com antecedência;

– Use o farol baixo. A luz do farol alto reflete nas partículas de água e atrapalha sua visão. Use a sinalização de solo para se orientar;

– Na neblina não se esqueça de acionar o limpador de para-brisa. É importante para melhorar a sua visibilidade;

– Nunca utilizar o pisca-alerta. Ele foi criado para sinalizar que o veículo está parado. Ele nunca deve ser ligado com o veículo em movimento. Isso pode confundir o motorista que vem atrás, fazendo-o frear bruscamente, podendo causar um engavetamento;

– A rodovia é uma via rápida. Nunca pare sobre a faixa de rolamento e, quando houver neblina, até o acostamento deve ser evitado. Outros motoristas podem não vê-lo e isso pode provocar colisão. Se a visibilidade estiver muito prejudicada, estacione em um lugar seguro até a neblina melhorar. Mesmo diante de imprevistos, como pneu furado ou um pequeno acidente, nunca pare sobre a faixa de rolamento.

Fonte: Magazine Automotiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *